Instalar pacotes manualmente.

Instalar pacotes manualmente.

Apoio: http://www.acheperto.com/

 Muitas vezes por não encontrarmos no repositório o que queremos acabamos baixando de algum lugar na internet alguns aplicativos.

Estes aplicativos acabam vindo em formatos variados como:  .rar, .deb, zip, tar.gz, bz2, tar.bz2, .exe entre outros.

Com a modernização do Linux está cada vez mais fácil instalar tais aplicativos.

Vamos começar com os aplicativos em formato  .deb.

Procure pelo pacote gdebi e instale ele.

Depois de instalado vá até o arquivo e com o botão direito do mouse escolha Abrir com Instalador de Pacotes GDebi e vai abrir a janela abaixo.

Nesta janela irão aparecer insformações sobre o aplicativo e o Gdebi irá procurar por dependências para o pacote caso tenha. Aqui eu já havia instalado o pacote por isso está Reinstalar o pacote, mas se for a primeira vez que estará instalando o aplicativo estará Instalar pacote. Clique nessa opção e irá pedir a senha de root. Após isso será instalado o aplicativo. Espere até tudo terminar e poderá fechar o Gdebi e procurar no menu o seu aplicativo.

Obs.: Caso com o botão direito do mouse sobre o arquivo .deb que quer instalar não apareça a opção Gdebi, escolha a opção Abrir com outro aplicativo. Veja abaixo.

Na janela que se abrir como acima clique na seta ao lado de Usar comanado personalizado onde abrirá um campo abaixo e em seguida clique em Navegar. Será aberta a pasta /usr/bin, procure por gdebi-gtk selecione ele e clique em Abrir e depois Abrir de novo.

Ou pode com o botão direito do mouse no arquivo .deb escolher Propriedades e na janela que abrir na aba Abrir com escolher Gdebi.

                                                                ************************************

 

Agora pacotes com formatos  .rar, zip, tar.gz, bz2, tar.bz2, é só clicar neles e irá abrir a janela do descompactador de arquivos. Veja abaixo.

Talvez demore um pouco até abrir o arquivo mas terá uma janela mostrando o desenvolvimento da descompactação. Chegando nesse passo clique em Extrair e verá a janela abaixo.  Observação: Caso tenha vários arquivos nessa janela todos devem estar selecionados antes de clicar em Estrair. Vá em Editar/Selecionar tudo.

Aqui voce poderá criar uma nova pasta para extair o arquivo ou simplesmente clicar em Extair novamente e uam pasta com o nome do arquivo que está extaindo será criada no mesmo local que ele se encontra. Quando terminar a extração será apresentada uma janela perguntando se quer sair ou fechar. Terminando é só fechar o descompactador.

Como no caso do Wine que estou usando como exemplo para completar voce deve abrir o teminal como usuário e navegar até a pasta do wine que foi descompactada. dentro dela rode os comandos:

./configure

make

su    - para se tornar root

make install

Esse tipo de atividade se chama recompilação. Voce pega um aplicativo compactado que não foi preparado para trabalhar no Linux que está usando e então recompila ele para que rode na versão do Linux que está usando. Isso será feito só em casos extremos e por usuários avançados. Isso se tratando de arquivos tar.bz2.

Os outros formatos já estarão configurados e prontos para uso assim que forem descompactados. Por exemplo um aplicativo de música chamado Songbird. Ele é baixado no formato Songbird_1.8.0-1800_linux-i686.tar.gz. Simplesmente só clique nele e extraia e será criada uma pasta com o nome dele onde dentro desta pasta estará tudo que se precisa para rodar esse aplicativo. Veja abaixo.

Nesta pasta inclui o executável dele songbird, clicando ali irá aparecer a janela abaixo.

É só clicar em Executar e ele irá rodar. Assim que voce criar o ícone dele no painel ou área de trabalho não será mais feita essa pergunta. (Veja na sessão Configurações Gnome o artigo Painel, Ícones no painel e na Área de Trabalho)

                                                                *****************************

Vamos agora para os executáveis Windows que tem o formato  .exe.

Para rodar esses ecutáveis precisamos de um aplicativo chamado Wine.

O Wine é uma camada de tradução (um lançador de programas) capaz de executar aplicações Windows em Linux e noutros sistemas operacionais compatíveis com POSIX. Os programas Windows ao serem executados no Wine agem como se fossem nativos, executando sem as penalidades de desempenho ou uso de memória de um emulador, com um visual semelhante às outras aplicações do seu computador.

No Livre 14bis o Wine já virá instalado por padrão. Mas como sujestão instale o pacote cabextract. Ele irá ajudar o Wine na extração desses tipos de arquivos. Se for necessário instale também o pacote ttf-mscorefonts-installer - Este contém as fontes Microsoft que às vezes são necessárias em alguns aplicativos.

Feito isso é só ir com o botão direito no arquivo em formato .exe que deseja instalar e escolher Abrir com Carregador de Aplicativos Windows Wine e seguir as etapas que se seguirão. Antes de começar a instalação o Wine vai pedir para instalar um pacote chamado Geko, instale ele continue em frente com a instalação que será parecida com a do Windows. 

Em caso de dúvidas deixe mensagem no campo Comentários.


Apoio: http://www.acheperto.com/